Pontos turisticos de Aracaju e dicas de passeios.

A vasta gama de atrações e a infra-estrutura da capital sergipana na orla de Atalaia estão quiosques, bares e restaurantes que oferecem o melhor da gastronomia local, além de ciclovia, calçadão e quadras esportivas. Por lá fica também um dos mais interessantes oceanários do país, mantido pelo Projeto Tamar. As águas do rio São Francisco também banham a região e conduzem por um dos mais belos tours do Estado, passando por cânions e grutas, com paradas para banho.

As embarcações – escuna ou catamarã – partem da cidade de Canindé, a 200 quilômetros de Aracaju.  O passeio acontece na parte represada do rio São Francisco e leva aos imponentes cânions do Xingó, incluindo paradas para mergulho em meio às águas verdes e cristalinas.

Agências de Turismo

 

Com seis quilômetros de extensão, a praia é um dos cartões-postais da capital. Além do trecho conhecido como Passarela do Caranguejo – repleto de bares, restaurantes e point noturno – reúne ainda o Oceanário de Aracaju e o Centro de Cultura e Arte. A infra-estrutura incentiva a prática de atividades esportivas através de ciclovia, quadras de tênis e poliesportivas, pistas de skate e de cooper, campo de futebol e lagos artificiais para a turma do windsurf. fontes luminosas.

Sobre a Orla de Aracaju

A orla de Aracaju não tem águas tão claras, mas vale a pena aproveitar os bons serviços dos quiosques, que oferecem delícias da culinária regional. Na urbana praia de Atalaia a infra-estrutura inclui ainda calçadão e quadras poliesportivas. O litoral Norte reúne cenários selvagens, enquanto o Sul abriga a mais bonita praia da capital – a praia do Saco, com mar azul.

 

O centro comercial de Aracaju abriga dezenas de casarões antigos. Alguns foram transformados em museus e espaços culturais, além de mercados, onde encontra-se artesanato e delícias da culinária local, como beiju de tapioca, sorvete de mangaba e amendoim cozido.

 

Programa imperdível para os fãs do fundo do mar, o oceanário apresenta 60 espécies de animais divididos em 18 aquários de águas doce e salgada. Outra atração é um monitor que exibe imagens ao vivo do alto-mar a partir de uma câmera instalada em uma plataforma da Petrobras, a dez quilômetros da praia. Mantido pelo Projeto Tamar, o espaço tem formato de uma tartaruga marinha.